Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

...o avesso de mim!

Eu achava-me aparentemente normal, até descobrir...

Uma carta ao Pai Natal!

Pai Natal, tu não existes, nós sabemos!
Também sabemos que foi aquela bebida famosa que te lançou e o mundo cristão logo te adoptou, eu sei disso tudo...
Mas quando te vemos aparecer na televisão, na rua, no centro comercial, existe o espírito que nos faz acreditar em algo mais! É aí que nos invadem os desejos sinceros para esta época...
Saúde, alegria, felicidade, família, alguém pedirá algo mais?
Não existes Pai Natal, mas no fundo é a ti que adereço esta minha missiva...
Uma carta ao Pai Natal e ao espírito natalício!

sk00.jpg

 

Querido Pai Natal!
Gostava, neste ano pedir-te um pouco mais, mais do que o normal, mais do que umas festas felizes.
Queria pedir-te paz, paz no mundo, o mesmo mundo que continua a alimentar-se de ódios e guerras e que ferem de morte milhares de pessoas.
Apesar do esforço político parecer surtir efeitos, pedia-te o fim do desemprego, também da pobreza desenfreada!
Também o fim dos desastres relacionados ao clima, devido ao aquecimento global, pedia um pouco mais de inteligência aos homens que poluem a natureza sem se preocuparem com o futuro e do estado em que deixam a terra para as gerações futuras. 
No fundo revitalizar este mundo, onde os grandes parecem ter enlouquecido alimentando a discórdia por toda parte, ameaçando os mais fracos e cegando os mais fortes!
Conseguirás tu fazer alguma coisa?
Ainda que saibamos que a maioria transformou este espírito natalício em algo bastante comercial, ainda acredito que no coração de muitos o efeito emoção que esta quadra nos tráz os fará pensar melhor no rumo que estão a dar à Terra!
Precisamos de tudo isto no mundo, para que consigamos viver mais e melhor!
Mas, não estaria a ser verdadeiro se ainda assim não fizesse os meus pedidos mais pessoais!
Pai Natal, o que eu mais queria efectivamente é que a saúde nos acompanhasse nesta quadra e que esta prevalecesse e continuasse após todo o frenesim desta época! 
Precisamos do calor do abraço, do olhar, do amor dos nossos e isso só é possível com saúde!
Será pedir muito?
Vá, posso te pedir também um ano 2020 pleno de sucessos e concretizações? 
Um novo ano cheio de realizações pessoais?
É só isso que eu peço!
Estarei a exagerar?
Na verdade, basta-nos a saúde, eu sei, o resto vai-se levando dia após dia!
Querido Pai Natal...
Obrigado por existires! Não onde todos te procuram fisicamente, mas sim onde poucos sabem te encontrar, no coração, aí sim, reside o verdadeiro espírito natalício!
Até já Pai Natal!



34 comentários

Comentar post

Pág. 1/2