Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

...o avesso de mim!

Eu achava-me aparentemente normal, até descobrir...

Vamos lá tentar...

...e fazer por mudar!

3-apps-para-procurar-emprego-pplware.jpg

Escrevi um artigo recentemente onde partilhei convosco a promoção que iria chegar no emprego e o conhecimento que eu tenho de antemão que o fim da linha estava para chegar!
Na altura muitos de vocês me disseram que talvez tenha chegado a hora de começar a pensar numa segunda hipótese, uma segunda opção para que não fosse apanhado desprevenido!
O certo é que a promoção acabou logo por chegar e embora ainda aguarde pela formação, achei que deveria então seguir o vosso conselho e começar a pensar numa alternativa à situação precária em que me encontro. Aproveitei então as duas semanas em que estive em casa pelo seguro e procurei trabalho, enviei cv's para diversas ofertas com as quais me identifiquei e o que é certo é que as respostas tem chegado, muito embora a conta gotas!
O facto de falar francês tem sido uma mais valia na resposta a estes anúncios, contudo tento desta vez fugir de tudo o que é call center, prefiro antes algo mais virado para o trabalho de backoffice!
Na semana que passou fui contactado por uma empresa relativamente perto do local onde iremos construir casa e hoje tive uma primeira entrevista! Gostei do que me foi proposto, gostei do acolhimento, gostei da empresa, agora basta-me esperar um contacto para perceber se fui ou não seleccionado para uma segunda entrevista! Fiquei, contudo muito expectante...
A verdade é que não podemos esperar que as oportunidades nos batam à porta, temos mesmo de fazer por isso, ir à luta, ser persistente e não baixar os braços!
É o que estou a fazer neste momento...


Trabalhar...

...desmotivado!

passar-o-tempo-no-trabalho-425x318.jpg

Desmotivado no trabalho?
Algumas situações devem
estar te incomodando...
O que fazer?
Mude a situação,
Mude de trabalho, ou
Mude a si mesmo...

Persio Cordeiro

 

Encontrei este pequeno texto numa pequena pesquisa pela internet e no fundo exemplifica bem os meus últimos dois dias no trabalho!
Analisando o texto coloco a hipótese de mudar de trabalho, já que mudar a situação é complicada quando se tem uns recursos humanos da treta e mudar a mim mesmo não ajuda nada, já que a minha desmotivação advém da forma como o nosso tempo de trabalho e renumeração é gerida!
Nunca trabalhei nos moldes actuais em que uma empresa de trabalho temporário nos contrata para prestar serviços a uma grande empresa de call center que por sua vez trabalha para diversos clientes! Desta forma chegar ao fundo da questão é impossível...
Pondero sinceramente deixar para trás este último ano em que me empenhei por ser mais e melhor, fartei-me de todos os meses reclamar a falha no pagamento de valores que me eram devidos!
Digo e repito, não posso permitir que brinquem com o meu dinheiro!
Tenho procurado, enviado curriculuns, contudo com quase 40 anos, cada vez se torna mais complicado!
Mesmo assim insisto, ainda que tenha que adiar por uns meses o sonho da casa!
A vida podia correr melhor, não podia?

Colega...

...que virou amigo!

casamento-rustico-960x523.jpg

(foto retirada da net)

A vida é isto, tem o dom de tirar, mas também de dar, outras vezes até acrescentar!
Foi o que aconteceu comigo, deu e acrescentou!
Sempre fui muito céptico em relação às relações de amizade no seio laboral, mas a verdade é que as há e que são possíveis de manter.
Em Fevereiro passado escrevi aqui sobre o convite que nos fora feito para o casamento de um colega de trabalho, na altura e devido às despesas que um casamento acarreta, pensei declinar o convite!
Ainda assim decidi que teria tempo para dar a resposta e deixei o tempo correr...
Este colega acabou por ser o que mais perto ficou de mim no pós formação e acompanhou-me de perto quando recentemente vivi um Agosto negro, o abraço dele e o ombro amigo foram fundamentais principalmente na transmissão de calma, o que mais estava a precisar no momento! Ele também viveu um momento mais complicado e tentei estar presente e dar a minha palavra de conforto e apoio, dando mais ênfase ao conselho do que deveria ou não fazer!
O tempo demonstrou que afinal boas amizades também se criam no trabalho e este talvez seja um amigo para a vida!
Acabei por aceitar o convite e ontem estivemos presentes no casamento dele, testemunhando o amor e uniâo de um casal fantástico que deu assim mais um passo numa relação que já tem alguns anos!
Foi um dia especial, onde também eu, acabei por o viver de uma forma despreocupada, desvinculando-me ainda que temporariamente de todas as dúvidas que me tem assolado!
Cantei, saltei, gritei, vá comi também, tentei sobretudo aproveitar o momento!
No final, selei a noite com o abraço que este amigo merece...e se merece, o melhor do melhor!
Felicidades aos noivos!
Parabéns a mim que me consegui divertir imenso!

Responsabilidades

lider-3-resp.jpg

Na empresa onde estou há cerca de um ano, desde cedo percebemos que as promoções seriam dadas de forma equitativa!
Neste momento estou numa espécie de formação para obter essa tal de promoção que no fundo é dada de forma automática e conforme as necessidades nos diferentes sectores da empresa!
Confesso que me assusta não poder declinar toda e qualquer promoção, tenho de aceitar mesmo que não queira, contudo todas elas vem acompanhadas de uma actualização salarial, o que já dá para animar e fazer frente ao "medo" que tudo isso representa.
Desde que entrei para o mercado de trabalho que me assumo como uma pessoa trabalhadora e responsável, olho para o trabalho como uma obrigação é verdade, mas também como o único meio possível de poder ter dinheiro ao fim do mês! Infelizmente os meus pais não me fizeram rico!
Contudo esta mesma responsabilidade que assumo como qualidade minha, numa empresa de mais de 500 pessoas, não a encontro em todos por igual!
Comigo, trabalham pessoas que metem baixa por tudo e por nada, basta uma unha encravada e pronto lá ficam um dia em casa! E os atrasos diários? Bem, não vou referir todas as desculpas que já ouvi, não saíriamos daqui, mas são por demais os atrasos e pior quase sempre vinda dos mesmos trabalhadores!
Eu como sei que é uma zona de dificil estacionamento opto por sair de casa mais cedo!
Mas a maioria vem sempre em cima da hora e depois, passam o tempo em busca de estacionamento e entram atrasados!
O resultado disso é a perda do prémio de assiduidade que é bem apetitoso, contudo esta semana vi a empresa a tomar uma atitude bem mais pesada relativamente a estes atrasos, processos disciplinares e consequentemente perda de todos os prémios!
Bem feito, pensei eu!
Ainda assim, acredito que isto não vá fazer com que estas mesmas pessoas mudem a forma de estar na empresa!
É o que dá não ser responsável!

 

Voltei!

post-it-note.jpg

Pois é, não consegui ficar eternamente de férias e o regresso ao trabalho já aconteceu na passada segunda-feira!
Desde então ainda não consegui aqui vir contar as novidades das férias, mas prometo tratar disso num dos próximos posts.
Por agora, faço votos que todos passem um excelente fim de semana e para os que estão ou vão de férias, que aproveitem bem!
Até já!

Esta pressão...

pastoral-25112012.jpg

Estou a sentir-me pressionado!
Ultimamente não tenho andado muito bem, mais cansado, cabisbaixo, desanimado. Isto numa altura que até deveria andar mais bem disposto, visto o sonho estar quase aí ao virar da esquina! 
A razão de todo este desconforto tem a ver com o meu trabalho e a pressão que nos tem colocado nas costas!
Já percebi que trabalhar num call center não é de todo um fardo fácil de se suportar, mas lá pensaria eu que para além de aturar os clientes ainda teria que levar com a falta de humanismo por parte dos recursos humanos e ainda a pressão para melhorar as métricas e afins!
Parece que tenho um peso às costas!
Estou a sentir-me pressionado e muito cansado!
Depois na minha maneira de ver as coisas, não fosse este sonho de construir casa, para o qual ainda falta tratar tanta burocracia, até lidaria melhor com esta pressão, procuraria outra coisa e o assunto ficaria arrumado por aí, contudo colocar-me numa situação dessas neste momento é complicado, pois dificilmente conseguiria arranjar empréstimo para a construção!
Estou assim de mãos atadas, contudo sinto que este cansaço está a ser em demasia!

Injustiça

Capturar.JPGEsta é a minha máxima para o dia de hoje e sempre...
Porque não posso permitir uma injustiça, não posso permitir que se riam de mim, que me tirem o que é meu por direito e pelo cumprimento dos meus deveres!
É que se eu falhesse, não cumprisse com as minhas funções, chegasse atrasado ao trabalho, fosse mal educado com os clientes, aí sim aceitaria que recebesse um valente puxão de orelhas e que todos os meus prémios fossem cortados! 
Agora quando eu tenho a perfeita noção de ter cumprido com todo o meu trabalho e seja neste momento alheio a todas as falhas informáticas que tem ocorrido, e ainda assim vejo depositar em mim a culpa por um mau serviço...não meus caros, não posso aceitar!
Hoje vou mostrar a minha indignação, não me vou calar!
Sinto-me injustiçado, quando eu sou dos mais cumpridores dentro de um grupo onde a lei do "deixa andar" predomina!
Não posso aceitar isto, não posso mesmo!

Na despedida

large.pngSempre aprendi a lição, no local de trabalho não te permitas de criar laços de amizade, contudo neste projecto que abracei tem meio ano, manter esta máxima não é assim tão linear!
Assim que entrei na formação em meados de Outubro percebi que iria ter como colegas de trabalho, pessoas com uma faixa etária bastante diversificada! Ali o que contava era realmente saber falar Francês!
E desde o início que nos obrigaram a deixar o "você", o "senhor" e "senhora"  de fora da empresa, todos nos tratamos de igual para igual independente da função de cada um, o que inevitavelmente tende a nos aproximar numa relação mais intimista.
Na minha formação, recebemos alguns colegas que vieram directamente de França! Sempre me questionei sobre o que levaria estes jovens a abraçar uma aventura destas, quando os salários em França são bem mais atractivos! Seria o desafio? O querer virar costas a algum dissabor? Não sei... Sempre os admirei pela coragem e desde o início que os olhava de forma diferente! Pois eu próprio acho que não arriscaria abandonar o meu país por uma aventura assim, a menos que o retorno fosse bem compensador!
Tivemos uma formação de quatro semanas que acabou por nos unir, eramos um grupo de 19 pessoas! Assim que entramos na sala produtiva, dois desistiram e desde então mais alguns bateram a porta por não conseguirem aguentar o stress diário! Contudo os que ficaram acabaram por se unir cada vez mais e de vez em quando é verem-nos em jantares ou passeios, apenas porque sim, sem motivo algum, apenas pelo prazer da companhia uns dos outros! 
E isto sabe tão bem...
No entanto hoje chegou-nos a notícia que um dos nossos colegas vai regressar a França!
Sinceramente nunca pensei ficar com este sentimento de pena por perceber que vai-nos deixar! Pensava que fosse aguentar o stress, contudo as saudades da família mais algumas falhas por parte dos recursos humanos da empresa, levaram-no a tomar esta decisão!
É o mais novo da nossa formção, talvez por isso todos nós tenhamos para com ele um sentimento protector!
Eu fico triste, mas percebo que o que para mim é um trabalho para estimar, para outros não passa de uma aventura e por isso mesmo uma passagem...
Ele será mais um que passa nas nossas vidas, no meu caminho, contudo dificilmente será esquecido!
Na despedida...
Au revoir Nico!

Paz

lua-dia-istock-640999780.jpg

Para hoje procurei uma imagem que me transmitisse paz, sim isso mesmo, paz!


Ontem estive de folga, após trabalhar os dias festivos, tirei ontem o dia para descansar! O tempo nada convidativo a sair de casa, o sofá acabou por ser o meu melhor amigo e a televisão uma excelente companhia!
Não sei se já vos havia dito, mas o meu trabalho actual passa por atender chamadas a um cliente bastante exigente e na língua francesa! A descrição do que realmente faço termina aqui visto existir um sigilo enorme em torno de tudo o que mexo no desempenho das minhas funções! Entende-se... Contudo tenho dias em que as chamadas caem em catadupa e o tempo entre elas para respirar é diminuto. Todas as chamadas acabam por ser diferentes umas das outras e eu com os meus "skills" tenho de contornar todos os problemas procurando a melhor das soluções para o cliente que no fim nos avalia o desempenho! Como devem imaginar são muitas exigências para que tudo seja feito de acordo com o que é dado em formação, porque para além de uma avaliação do cliente existe uma outra sére de avaliações que nos podem dar bons prémios! No fim é uma canseira diária, o que me faz suspirar sempre pela folga a seguir... E só o facto de não ter os fones constantemente agarrados às orelhas, já é um alívio!


Daí eu dizer que preciso de paz, mais paz...


Sozinho em casa, ontem acabei por ver alguns programas que passavam na televisão, inclusivé os telejornais diários, onde acabei por constatar que se festejava o dia da terra! E pensei, também o planeta precisa de paz, não só pelos erros que cometemos diariamente de forma inconsciente onde acabamos por o contaminar cada vez mais, como também por todas as atrocidades que o homem tem cometido.

Paz no mundo, cada vez mais uma utopia!

Por falar em atrocidades, palavra oposta ao titúlo do meu texto, ou é de mim, ou as pessoas enlouqueceram de vez? 
Um dá um tiro a outro num ajuste de contas, outro esfaqueia quatro pessoas porque estavam a fazer muito barulho na esplanada. outro mata a mulher, uma mulher desaparece misteriosamente, outros morrem em acidentes estúpidos, outros porque o alcóol foi em demasia! 
A sério? 


Se começarmos a pensar muito seriamente no que se passa à nossa volta acabo eu, por começar a ter medo de sair de casa!


Paz, eu procuro a paz...mas assim fica cada vez mais complicada, ainda mais com esta "poluição" sonora que os telejornais nos debitam diariamente, fazem o trabalho deles, mas é demais!

Feliz Páscoa

Páscoa.png

Pois então...
Olho para trás e parece-me que ainda na semana passada estava a festejar o Natal e quando me apercebo já estamos na Páscoa! O tempo não pára, não me canso de dizer isto!
Este ano não vamos festejar a Páscoa em casa de ninguém, sim nunca seria na nossa, primeiro porque não ligo nenhum a este festejo e se me reuno na casa de familiares, simplesmente é porque priveligio o convívio com as pessoas que amo! Se calhar é este mesmo o verdadeiro espírito da Páscoa!
Vá, contudo não sou de abrir a porta ao compasso nem sou cumpridor de tradições, simplesmente porque cada um tem a sua crença, eu tenho a minha e isso basta-me para seguir o meu caminho!
Este ano vou trabalhar, apenas folgo na próxima segunda-feira, portanto nem para convívios se torna propício!
Mas vá, como nestas alturas nos apercebemos das limpezas em casas alheias, desde os muros, as persianas, os pátios, achei que deveria também eu limpar aqui o meu espaço, tirar-lhe o escuro do fundo e dar-lhe mais cor, mais luz! Gostam da nova imagem aqui d'o avesso de mim?
A todos vocês, mais crentes ou menos crentes, a festejar ou simplesmente a viver, desejo-vos uma Feliz Páscoa!
Ah não obstante o não festejo da data devo informar-vos que estou a aceitar amêndoas de chocolate vá apressem-se! Gosto tanto...