Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

...o avesso de mim!

Eu achava-me aparentemente normal, até descobrir...

Bando de indignos...

...parasitas de uma sociedade!

image_content_2316305_20190630192324.jpg

É isto...o título já quer dizer tudo!
Fico enojado, passam por mim os mais diversos e horrendos pensamentos, quando nos chegam notícias a dar conta de agressões gratuítas quer em contexto de violência doméstica quer em contexto de violência contra seres indefesos!
A televisão é no meu caso o meio pelo qual me chegam este tipo de notícias!
Por estes dias, as agressões ao motorista de um autocarro que dias antes havia chamado a polícia porque uma passageira não estava a cumprir com as regras impostas! Regras estas básicas, simples e que fazem parte do saber viver em sociedade! A estes agressores o que mereciam? Igual tratamento...
Ainda na semana passada, um idoso que agrediu a esposa e filhos sendo depois acometido de um ataque cardíaco! Sabem lá vocês o quanto repeti para mim mesmo de que ter morrido foi bem feito, pena foi não ter morrido no momento em que levantou o ferro ao alto!
Tantas vezes se ouve, assaltos a idosos na própria casa e que ainda os espancam! Como é que é possível, bater em seres indefesos? Matar quem não tem como se proteger? 
Para mim, o melhor castigo seria, com ferro matas, com ferro morres!
Para mim...,
Quem rouba, cadeia e trabalhos forçados!
Quem agride de forma gratuíta, linchamento em público, cadeia e trabalho forçado!
Quem mata, depois do crime comprovado, o enforcamento!
Chega de indignos, chega de parasitas, chega de gente sem escrúpulos, chega...
E que não venham as associações dos direitos humanos fazer valer os ideais de que os reclusos merecem boas condições nas cadeias, porque o que se vê é que estes para além de acederem às drogas, até telemóveis conseguem ter dentro das celas!
Relembro vezes sem conta, na sorte, sim sorte, do Renato Seabra ter cometido um crime nos EUA! Assim levou com a pena mais pesada na pior cadeia e nas piores condições! E continuo a dizer que foi sorte, pois de alguma forma a morte do cronista social, acabou por ser vingada. É que se fosse aqui, em Portugal, depois das vígilias que foram feitas à altura dos factos e do ódio que se levantou pelos facto do cronista ser homossexual, de certeza que o Renato nem condenado teria sido!
Eu sei, com isto poderei revelar uma personalidade vingadora, contudo fico 'doente' com este tipo de situações!
Basta de violência, basta de justiça branda, basta deste sucessivo cruzar de braços, chega de assobiar para o lado!
Mudem a política, mudem as leis, carreguem nas penas, ajam...que se faça mais, muito mais pela nossa sociedade!
BASTA! CHEGA!

29 comentários

Comentar post

Pág. 1/2