Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

...o avesso de mim!

Eu achava-me aparentemente normal, até descobrir...

Aquele dia

Sabem, aquele dia em que:

Não sabemos se é sim, se é não!
Não sabemos se é para a direita ou para a esquerda!
Ou até para a frente ou para trás!
Se é branco, se é preto!
Nem sequer sabemos se tem cor...
Sabem, aquele dia em que simplesmente nos sentimos um zero,
Um nada, um número apenas...
Sem apoio, sem recursos!
Cansado, muito cansado!
Sem rumo!
Sabem aquele dia, 
Que nem sequer deveria existir?
Pronto, esse dia é hoje!
Sinto-me assim...

8 comentários

Comentar post